OLIMPÍADAS 2020 - Katsuhiro fica na primeira rodada no terceiro dia de competições:

Neste domingo (26), aconteceu o terceiro dia dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 e o terceiro dia de competições individuais no judô. Apesar de termos fechado o dia de ontem com um excelente resultado do Cargnin, que conquistou a medalha de bronze, hoje Eduardo Barbosa Katsuhiro, o peso leve brasileiro foi derrotado pelo Guillaume Chaine (FRA) logo na primeira rodada, deixando a competição precocemente.

Eduardo Barbosa Katsuhiro x Guillaume Chaine

foto - CBJ

O confronto:

Katsuhiro começou muito bem a luta e direcionando o combate, mas Chaine se reencontrou e forçou o primeiro shido ao brasileiro. Eduardo conseguiu encaixar um bom volume de luta na sequência que ocasionou na primeira punição ao francês. A luta seguiu sem pontuações e foi para o golden score (ponto de ouro), que após um lance de difícil interpretação, o brasileiro acabou levando uma chave de braço e sendo eliminado da competição.

“Foi meio duvidoso, mas acreditei que tivesse sido um ponto ali. Foi um milésimo de segundo que tirei a atenção da luta pensando que fosse meu ponto, mas o judô é isso aí. Milésimo de segundo decide a luta”, explicou após o combate em entrevista ao Sportv.

Natural de Registro, São Paulo, Dudu veio morar no Japão ainda criança e cresceu na cidade de Hamamatsu, onde a seleção brasileira se hospedou para a fase de aclimatação antes dos Jogos. A conexão com o Japão e a oportunidade de lutar os Jogos Olímpicos na sua “segunda casa” é o que ele levará de melhor lembrança desses Jogos.

“Cresci aqui no Japão, e lutar as Olimpíadas aqui foi muito especial para mim, é minha segunda casa. Queria voltar com a medalha no peito, não deu dessa vez, mas acredito que consegui trazer muita alegria para as pessoas que vêm me apoiando, amigos e professores no Japão e no Brasil. Saio com a cabeça erguida”, finalizou.

O anfitrião e agora bicampeão olímpico, Shoei Ono venceu Lasha Shavdatuashvili (GEO) na final.

Os terceiros colocados foram Changrim An (KOR) e Tsogtbaatar Tsend-Ochir (MGL) que derrotaram Rustam Orujov (AZE) e Arthur Margelidon (CAN).

Amanhã (27), a veterana Ketleyn Quadros e o estreante Eduardo Yudy Santos estarão no tatame da Nippon Budokan às 23h (Brasília) e as finais a partir das 5h da manhã (Brasília).

com informações de: CBJ e ge/olimpíadas

Por Ernane Neves, da Shihan Intersports, em São Paulo


TAGS desta postagem

Busca no Blog