MUNDIAL 2021 - Campeonato Mundial de Judô começa amanhã (06) e seleção brasileira vem com um desfalque importante:

O Campeonato Mundial individual e por equipes será realizado em Budapeste, Hungria, Esta será à última competição antes dos Jogos Olímpicos de Tóquio e definirá os representantes das 14 categorias.

Novidades:

- Teremos o retorno da nossa bicampeã mundial Mayra Aguiar, que estava afastada dos tatames, após passar por uma cirurgia no joelho esquerdo em setembro de 2020.

- Infelizmente, não contaremos com o nosso peso meio leve (-66kg), Daniel Cargnin, que testou positivo no protocolo pré-viagem estabelecido pela Federação Internacional de Judô (FIJ). O atleta passa bem e cumpre o isolamento em Porto Alegre, onde mora.

Cargnin é o melhor brasileiro ranqueado no -66kg e, atualmente, está na zona de classificação olímpica, na nona posição (com descartes).

- Para a vaga de Cargnin, foi convocado o meio-médio Guilherme Schimidt (81kg), do Minas Tênis Clube, que só lutará no dia 09 de junho, o que, logisticamente, viabilizou a substituição. Schimidt tem apenas 20 anos e é o atual campeão pan-americano sênior dos meio-médios. Ele ocupa a 41° posição no ranking mundial dessa categoria.

Sorteio das súmulas

Masculino:

- No ligeiro (-60kg), Eric Takabatake é um dos cabeças de chave e espera o vencedor do confronto entre o sul coreano Lee Harim e o búlgaro Gerchev Yanislav.

- No leve (-73kg), Eduardo Barbosa enfrenta o argelino Nourine Fethi.

- No meio médio (-81kg), Eduardo Yudy enfrenta o jordaniano Alzidaneen Baker.

Guilherme Schimidt enfrenta o alemão Ressel Dominic.

- No médio (-90kg), Rafael Macedo enfrenta o sul coreano Mun Kyujoon.

- No meio pesado (-100kg), Leonardo Gonçalves enfrenta o estónio Imala Otto.

Rafael Buzacarini enfrente o paquistanês Shah Hussain Shah.

- No pesado (+100kg), Rafael Silva é um dos cabeças de chave e enfrenta o cubano Granda Andy.

David Moura também é um dos cabeças de chave e enfrenta o turco Endorgan Cemal.

Feminino:

- No ligeiro (-48kg), Gabriela Chibana enfrenta a israelita Rishony Shira.

- No meio leve (-52kg), Larissa Pimenta é uma das cabeças de chave e aguarda a vencedora do confronto entre a holandesa Van Krevel Naomi e a panamenha Jimenez Kristine

- No leve (-57kg), Ketelyn Nascimento enfrenta a jordaniana Elalmi Hadeel.

- No meio médio (-63kg), Alexia Castlihos enfrenta a inglesa Livesey Amy.

Ketleyn Quadros é uma das cabeças de chave e enfrenta a atleta do Kosovo Fazliu Laura.

- No médio (-70kg), Maria Portela é uma das cabeças de chave e aguarda a vencedora do confronto entre a croata Dvjetko Lara e a italiana Bellandi Alice.

- No meio pesado (-78kg), Mayra Aguiar é uma das cabeças de chave e enfrenta a belga Berger Sophie.

- No pesado (+78kg), Maria Suelen Altheman é uma das cabeças de chave e enfrenta a ucraniana Kalnina Yelyzaveta.

Beatriz Souza também é uma das cabeças de chave e enfrenta a francesa Fontaine Lea.

Vale ressaltar que as categorias leve (-57kg e -73kg) do Brasil ainda não estão classificadas para os Jogos Olímpicos de Tóquio.

Os combates começam neste domingo (06) às 05h (horário de Brasília), com transmissões no: canalolímpicodobrasil.com.br

live.ijf.org

SporTV

Por Ernane Neves, da Shihan Intersports, em São Paulo


TAGS desta postagem

Busca no Blog